sábado, 17 de abril de 2010

1º Ano - TROVADORISMO I




TROVADORISMO

(1189/98 – 1434)

Início: Canção da Ribeirinha - Paio Soares de Taveirós

Término: Fernão Lopes é eleito cronista-mor da torre do Tombo

O Trovadorismo é o período que engloba a produção literária de Portugal durante seus primeiros séculos de existência (séc. XII ao XV). O Trovadorismo foi a primeira escola literária portuguesa que iniciou em plena a Idade Média, em meio ao Feudalismo. No âmbito da poesia, apresentam-se as Cantigas em suas modalidades; enquanto no da prosa apresentam-se as Novelas de Cavalaria, ressaltando que nesse mesmo período surgiu próximo à Galícia (região ao norte do rio Douro), uma língua particular, de traços próprios, chamada galego-português (o português arcaico). A produção literária dessa época foi feita nesta variação lingüística, que compreende o período de 1189 a 1418.


1. Características do Período Medieval (Contexto Histórico e Político)


· Feudalismo foi uma forma de organização econômica, social, política e cultural - (sistema de suserano e vassalagem);

· A sociedade era hierarquizada e composta por três camadas:

Nobreza Feudal (senhores feudais, cavaleiros, condes, duques, viscondes);

Clero (membros da Igreja Católica);

Servos (camponeses) e pequenos artesãos.

· A economia baseava-se na agricultura e na troca de mercadorias;

· Teocentrismo (Deus é o centro da vida humana) que teve influencia em algumas produções artísticas;

· Convencionalismo (uso da formalidade nas relações interpessoais);

· Patriarcalismo (a mulher era excluída da participação da sociedade);

· As produções artísticas foram influenciadas pelo pensamento teocêntrico, na pintura quanto na escultura eram retratadas cenas da vida de santos ou episódios bíblicos;

· Na arquitetura, a construção de catedrais enormes e imponentes, projetadas para o alto, à semelhança de mãos em prece tentando tocar o céu.

· Na literatura, desenvolveu-se em Portugal um movimento poético chamado Trovadorismo. Os poemas produzidos nessa época eram feitos para serem cantados por poetas e músicos. (Trovadores - poetas que compunham a letra e a música de canções).

Retrata o trabalho camponês nos feudos




Anterosto da Bíblia de Santa Cruz de Coimbra séc. XIII



Alaudista - Illustration from a Cantigas de Santa Maria manuscript. Séc. XII e XIV



ROSA G. Symphonia de Cantiga 160,Cantigas de Sta. María de Alfonso X El Sabio, Códice de El Escorial. (1221-1284)



Cantigas de Amigo' manuscript by Martin Codax Pierpont Morgan Library, New York, Vindel MS M979 - Paritura


A catedral de Notre Dame, em Paris, da Idade Média aos dias de hoje.

Santuário de Nossa Senhora da Espinha, França

Ilustração das Cantigas de Santa Maria, do século XIII.


Iluminura das Cantigas de Afonso X, O Sábio, 1280,
da Biblioteca do Escorial, Madrid,
referente a Santa Maria de Ossónoba.

1 comentários:

Anônimo disse...

muito interessante me ajudou demais obrigado.

Postar um comentário